Blog
RESTAURARAM AS FACHADAS, PENA QUE FOI DEPOIS QUE MORREU.
08.Set.2021

RESTAURARAM AS FACHADAS, PENA QUE FOI DEPOIS QUE MORREU.

Ao meio dia de um domingo recebi a ligação do Síndico do Edifício Triângulo (umas das primeiras obras do Arq. Oscar Niemeyer em São Paulo) na rua José Bonifácio perto da Praça da Sé no Centro de São Paulo.
Ele estava na delegacia de polícia porque uma pequena parte do revestimento do edifício tinha se desprendido e atingiu a cabeça de um pedestre com morte instantânea.
O prédio foi construído com revestimento de pastilha branca fosca 2x2 e esquadrias de ferro e vidro.
O síndico nos tinha solicitado um orçamento uns 4 meses antes para a reforma da fachada que estava bem comprometida já que apresentava uma quantia grande de vidros quebrados e revestimento desagregado.
A prefeitura de São Paulo interditou o prédio e os comerciantes ocupantes do edifício ficaram cerca de 3 meses sem poder ingressar.
Fomos contratados para execução da obra e negociar com a regional da Sé da Prefeitura da São Paulo o tipo de andaimes que seriam instalados para realizar a obra.
O indicado por minha experiência seria a instalação de uma bandeja na altura do primeiro andar e balancins para realizar a obra mais rápida, barata e segura. Esta proposta não foi aceita e a prefeitura exigiu o andaime tipo multidirecional (tubular) da Rohr o que tornou a obra muito mais cara, demorada, complicada e não tão segura.
Após dois anos a obra foi concluída já que era necessário entrar em todos os conjuntos.
Este exemplo nos ensina que é mas barato e seguro realizar uma obra preventiva que corretiva.

Marcelo Bergmann

Comente essa publicação

Copyright © 2022 - Senhor Fachadas - Desenvolvido por Construsite Brasil - Criação de SitesAssinatura da Construsite Brasil
Faça seu orçamento!!